o que é e 5 dicas de como fazer parcerias [2022]

Nós somos a extensão digital da sua empresa.

Sumário

Marketing
Editor RasDesenv

um guia sobre atributos de links

Em 2019, o Google anunciava que o atributo “nofollow” receberia dois novos companheiros: o atributo “sponsored” e o atributo “UGC” (UGC significa “conteúdo gerado pelo

Ler Mais >>

Este guia contém tudo o que você precisa saber sobre a estratégia de guest post, incluindo como começar, como escalar sua estratégia e como colocar seu conteúdo em destaque em sites parceiros de autoridade.

Vamos ver os seguintes passos:

  1.  Encontre sites para postar
  2.  Prepare seu guest post
  3.  Envie sua proposta
  4.  Escreva seu guest post
  5.  Follow-up
  6. Bônus 1: O guest post expandido
  7. Bônus 2: dicas profissionais para guest post

1. Encontre sites para postar

O primeiro passo é encontrar um site para postar seu conteúdo como um parceiro.

Listamos 7 maneiras de encontrar domínios que aceitam guest posts:

Técnica nº 1: strings de pesquisa do Google

Separamos uma longa lista de strings de pesquisa que podem ajudar a encontrar oportunidades de guest post, basta substituir o trecho “[palavra-chave]” de cada frase pelo seu termo de interesse e inserir esse comando na pesquisa do Google:

Técnica nº 2: pesquisa reversa de imagens

Primeiro, encontre alguém no seu nicho que escreva muitos guest posts.

Por exemplo, Noah Kagan costuma contribuir para muitos blogs na área de marketing lá nos Estados Unios.

foto do perfil do autor

Depois pegue a URL da foto que eles usam na bio do autor:

copiando URL da foto

Por fim, insira essa URL na pesquisa de imagens do Google:

pesquisa de imagens do Google

Você verá uma lista de sites que postaram a mesma imagem, ou seja, muito provavelmente sites em que o mesmo autor publicou outros guest posts:

resultados da pesquisa reversa de imagens

Técnica nº 3: pesquisa no Twitter

A busca no Twitter é fonte de insights muito inexplorada. Os resultados na rede social são mais atualizados do que o índice do Google. Isso significa que você pode encontrar sites que estão ativamente em busca de guest posts.

Primeiro, vá para a pesquisa do Twitter e insira uma string de pesquisa básica como “[palavra-chave] guest post”.

exemplo de pesquisa no twitter

Em seguida, examine os resultados para encontrar sites que aceitam guest posts:

resultados da pesquisa no Twitter

Você pode descobrir uma ótimas oportunidades de guest post ao vasculhar os backlinks dos seus concorrentes.

Para fazer isso, você pode inserir a URL da página inicial de um dos seus concorrentes nas ferramentas da Semrush, como a Análise de backlinks.

Você verá uma lista de todos os backlinks que ele recebe.

lista de backlinks de concorrentes no Semrush

Claro que a maioria dos backlinks não veio de guest posts. Mas com certeza eles existem. Aqui, não tem jeito: você tem que percorrer a lista e encontrar guest posts.

A melhor parte dessa estratégia é que você pode encontrar sites que não anunciam abertamente que aceitam guest posts. Ou seja, sites que não têm uma página “escreva para nós” ou “colabore com o blog”.

Técnica nº 5: AllTop.com

O AllTop.com é um site que lista os melhores blogs de diferentes nichos.

Alltop resultados

Obviamente, você não vai enviar um guest post para todos os sites listados. Mas com bastante trabalho, você pode encontrar oportunidades para postar como convidado.

Técnica nº 6: comentário de blog

Esta é uma estratégia avançada de guest post. Portanto, se você nunca publicou um post em outro site antes, pule esta técnica por enquanto.

Veja como funciona:

É bastante comum que outros blogueiros comentem em guest posts do setor em que eles atuam.

Cada resposta é uma oportunidade de ampliar seu networking e buscar oportunidades para enviar seu conteúdo.

Um modelo básico para fazer o outreach com essas pessoas:

Oi [Nome],

Obrigado por comentar no meu guest post no [site].

Nunca parei para pensar no que [insira algo que eles disseram no comentário]. Este é um ponto interessante!

Na verdade, tenho outra ideia de guest post que seria perfeita para o seu site.

Chama-se: [Título do guest post]

Eu posso enviá-lo para você esta semana.

Obrigado novamente por seus insights!

Atenciosamente, [Seu primeiro nome]

Isso funciona porque alguém que deixa um comentário nos seus guest posts obviamente gostou do seu conteúdo. Caso contrário, eles não teriam dedicado seu tempo para escrever uma mensagem.

Então, se você enviar a eles um post único, original e de qualidade, eles provavelmente aceitarão.

Técnica nº 7: listas de sites que aceitam guest posts

Por que gastar horas procurando por oportunidades de guest post quando outras pessoas já fizeram o trabalho pesado para você?

Por exemplo: esta é uma lista de mais de 200 sites que aceitam guest post que alguém criou:

exemplo de lista

Este post ainda fornece estatísticas sobre cada site da lista:

estatísticas dos sites listados

Listas como essa devem ocupar você por um bom tempo. Mas vale o esforço!

2. Prepare seu guest post

Agora que você já tem uma lista de sites que aceitam guest posts, o próximo passo é definir quais deles são adequados para o seu conteúdo.

Descarte os sites irrelevantes

Primeiro, você precisa separar o joio do trigo. Isso quer dizer que você precisa encontrar sites para os quais valha a pena escrever um post.

E não se trata de ser excessivamente exigente.

Na verdade, se você está começando, é melhor focar em blogs que não são tão populares. Sites menores são muito mais propensos a aceitar sua oferta de guest post.

À medida que você emplaca mais conteúdos, pode mirar voos mais altos.

Priorize sites que:

  • Tenha um perfil de link de autoridade;
  • Estejam dentro do seu nicho;
  • Publiquem conteúdo de alta qualidade;
  • Possam trazer tráfego direcionado;
  • Não escondam o link do seu site;
  • Tenham bastantes seguidores nas redes sociais.

Torne-se conhecido

Se você deseja fazer um guest post em sites de autoridade, é importante entrar no radar deles antes de entrar em contato.

Veja como fazer:

1. Compartilhe seus conteúdos nas redes sociais;

2. Responda aos comentários que receber no seu blog;

3. Envie um e-mail para os administradores do site algumas semanas antes de sugerir um conteúdo, dizendo como os posts deles ajudaram você:

Olá [Nome],

Seu post sobre [Assunto] realmente me ajudou.

Especificamente, usei [Técnica ou dica do post] e alcancei [Resultados]!

Então, eu só queria enviar um e-mail rápido para dizer: “Obrigado!”.

[Seu primeiro nome]

Encontre o assunto do seu guest post

Para encontrar o assunto perfeito:

1. Confira as postagens mais populares do site que você está seguindo.

Muitas vezes, eles estão listados na barra lateral do blog.

Você também pode usar a ferramenta Traffic Analytics, da Semrush:

ferramenta traffic analytics da Semrush

Você pode encontrar informações como compartilhamentos, tráfego e comentários.

Então, quando você enviar uma proposta de guest post sobre um determinado assunto, os responsáveis pelo blog se interessarão.

2. Em seguida, acesse o BuzzSumo.

Esta é uma ferramenta incrível para encontrar trending topics em seu nicho.

E isso é importante porque os seus possíveis parceiros querem, obviamente, publicar posts sobre assuntos populares e que atraiam mais leitores (tráfego).

3. Confira outros guest posts no mesmo site.

O que outras pessoas já postaram? Verificar isso dá uma boa ideia do que o proprietário do site procura ao avaliar propostas de posts.

4. Conheça as diretrizes do site para guest post

Alguns blogueiros têm diretrizes muito específicas. Elas servem para padronizar as postagens e garantir que as pessoas leiam os conteúdos.

De qualquer forma, é importante levá-las a sério. Afinal, não há nada pior do que escrever um post de 2000 palavras e vê-lo ser rejeitado por um motivo bobo, como extrapolar o limite de palavras estipulado pelo site.

3. Envie sua proposta

Imagine por um segundo que você é o dono de um site de autoridade crescente.

Você tem postagens para escrever, tweets para tweetar e uma caixa de entrada lotada.

Como você vai reagir quando receber uma proposta genérica de guest post?

Sim! Você vai apertar o botão delete o mais rápido possível.

Aqui está um modelo de e-mail testado inúmeras vezes para usar em vez disso:

Olá [Nome],

Sou um leitor de longa data. Você deve ter notado meu comentário em sua postagem em [Artigo] (artigo incrível por sinal).

Estou escrevendo para você porque adoraria contribuir com um guest post no [Website].

Estive pensando em alguns tópicos que acho que seus leitores obteriam muito valor:

[Ideia nº 1] [Ideia nº 2] [Ideia nº 3]

Vou garantir que a peça transborde com informações que não podem ser encontradas em nenhum outro lugar.

Para lhe dar uma ideia da qualidade que trarei para o seu site, aqui está um link para um guest post que publiquei recentemente em [Outro site].

Saúde, [Seu primeiro nome]

Aqui está o que torna este modelo de e-mail tão eficaz:

  • Começa com algo específico sobre SEU SITE.
  • Curto e direto ao ponto (<150 palavras);
  • Dá a eles 3 tópicos específicos para escolher (menos trabalho para eles);
  • Venda tranquila;
  • Aborda sua experiência e trabalhos publicados.

4. Escreva seu guest post

Assim, um blogueiro aceita seu discurso.

Incrível.

Agora você precisa realmente enviar algo a eles.

Aqui está como fazer isso…

Conheça o meu “Sistema de 2 níveis” patenteado.

Veja, há apenas tantas horas em um dia. Você não pode escrever um guia definitivo de 3.000 palavras para todos os sites existentes.

É por isso que você deve separar seus alvos em dois níveis:

Nível 1: estes são os 10-20 principais sites de autoridade indiscutível em seu nicho. Sites que você pode nomear de cabeça. Sites que você realmente visita, lê e segue.

Nível 2: sites de nível 2 que são blogs aceitáveis o suficiente para garantir um guest post de alta qualidade. Mas eles não são grandes o suficiente para passar uma semana escrevendo conteúdo alucinante.

Com isso, vamos abordar o que enviar aos sites de Nível 1 e do Nível 2.

Conteúdo de Nível 1

O conteúdo para sites de Nível 1 deve ser tão bom ou melhor do que o que você publica em seu próprio blog.

Estou falando de conteúdo de pilar alucinante que força a mão do proprietário do site a clicar em “publicar”.

Conteúdo que muda mentes, inicia conversas e estimula ações.

Conteúdo que pode aparecer na página inicial do Life Hacker ou do The Huffington Post.

Lembre-se: sites de autoridade são autoridades porque publicam apenas coisas de qualidade. Ponto.

E eles não vão abandonar seus padrões só porque você comentou no site deles algumas vezes.

Você realmente precisa trazê-lo para o seu lado. Veja como…

Aqui estão 4 coisas que você precisa incluir em seu conteúdo de guest post de Nível 1:

1. Envie um sistema, se você observar o melhor conteúdo de qualquer site, perceberá que eles têm uma coisa em comum: eles estabelecem um sistema passo a passo completo para alcançar um resultado.

Por quê? Os sistemas têm um valor percebido MUITO mais alto do que um conjunto de dicas aleatórias.

Por exemplo, com meu guest post do Buffer, mostrei às pessoas as etapas exatas que usei para aumentar a taxa de conversão do meu blog em 134%:

exemplo de guest post

Dessa forma, as pessoas poderiam seguir os passos do post e melhorar sua taxa de conversão.

Nenhuma teoria. Sem besteira. Apenas um processo passo a passo que qualquer um poderia seguir.

2. Comprimento é força: artigos mais longos têm um valor percebido mais alto do que postagens curtas.

É por isso que uso PELO MENOS 2.500 palavras para sites de Nível 1.

Por exemplo, minha postagem no Buffer tem impressionantes 2.993 palavras.

Mas, como você pode ver, isso não é um monte de bobagens. São 2.993 palavras de conteúdo insanamente acionável:

exemplo de guest post com tutorial

3. Capturas de tela, fluxogramas e imagens personalizadas: inclua muitas capturas de tela e outros recursos visuais. Isso ajuda você a se destacar… e agrega muito valor ao post.

Como você pode ver, fiz questão de incluir muitas capturas de tela em meu guest post do Buffer.

exemplos de imagens no guest post

4. Links internos: links internos são ótimos para SEO. Portanto, certifique-se de vincular alguns dos outros conteúdos do site em seu guest post.

Isso mostra que você foi além para tornar seu guest post o mais valioso possível.

Por exemplo, criei um link para vários outros posts no blog do Buffer:

exemplo de links em guest posts

Sim, levou algum esforço extra para encontrar postagens do blog parceiro para linkar. Mas, no final, mostrou à equipe do Buffer que eu realmente me importava.

Conteúdo de Nível 2

Os sites de nível 2 também merecem algum amor.

Se eles estiverem na sua lista de alvos, o blog deve ter algo a seu favor.

Apesar de não enlouquecer por esses sites… ainda mando algo de valor.

Simplesmente não é tão incrível quanto as coisas que envio aos sites de nível 1.

5. Follow-up

Aqui estão algumas coisas que faço para aproveitar ao máximo cada guest post:

1. Responda ativamente aos comentários: não poste e corra. Reserve um tempo para responder aos comentários das pessoas à medida que eles chegam. Na verdade, costumo deixar um comentário logo após minha postagem ser publicada para mostrar a todos que estou saindo para responder aos comentários:

resposta aos comentários em guest post

Em seguida, faço o possível para responder a todos os comentários que chegam nas primeiras 48 horas:

exemplo de resposta aos comentários em post

2. Promova seu guest post nas mídias sociais: Este é um ganha-ganha-ganha: o site em que você postou como convidado recebe algum tráfego. Você compartilha sua postagem de blog e ganha autoridade e a comunidade é beneficiada por isso.

exemplo de publicação em redes sociais

3. Envie uma nota de agradecimento: geralmente envio aos sites de nível 1 um rápido e-mail de follow-up informando que apreciei a oportunidade. Novamente: isso é algo que ninguém faz. Portanto, esta pequena nota de agradecimento realmente ajuda você a se destacar. Ela também mantém um canal aberto para a próxima vez que você quiser postar como convidado nesse site.

4. Ciclo virtuoso de comentários: como mencionei na etapa 1, as vezes eu entro em contato com as pessoas que comentaram no meu guest post e peço para publicar um guest post em seu site.

Bônus 1: O guest post expandido

Sim, o tráfego e os links são ótimos.

Mas construir sua lista de e-mails é um benefício subestimado do guest post.

E para construir sua lista de e-mail com guest post, você precisa experimentar o guest post expandido.

É um processo de 3 etapas que uso para transformar o tráfego de guest post em leads (e vendas).

Veja como funciona:

1. Primeiro, crie um recurso de “bônus”.

Isso é algo relacionado ao seu guest post.

Pode ser um e-book.

Pode ser um vídeo.

O formato específico não importa.

O importante é que seja do mesmo tópico do seu guest post.

Por exemplo, aqui está o bônus que fiz para o meu post de convidado do Buffer:

exemplo de recurso bônus

Como você pode ver, é um punhado de dicas para as quais não havia espaço no guest post.

(E todas essas dicas estão relacionadas ao meu tópico, o que favorece a construção de uma lista de e-mail.)

Também incluí algumas listas de verificação em PDF.

exemplo de conteúdo baixável em guest post

2. Em seguida, crie uma página especificamente para as pessoas que leem seu guest post.

Esta página deve oferecer sua seção de bônus em troca de um e-mail.

Aqui está o meu:

exemplo de landing page

3. Por fim, lance sua seção de bônus no final de seu guest post.

Aqui está um exemplo:

exemplo de conclusão de guest post

E essa estratégia funcionou muito bem.

Na verdade, eu construo 188 assinantes de e-mail extras usando esta estratégia simples no meu post de convidado do Buffer:

conversão do material do guest post

(E como você pode ver na captura de tela, a página para a qual enviei as pessoas converteu em 37,8%. Nada mal!)

Bônus 2: dicas profissionais para guest post

Vamos terminar com algumas dicas profissionais que aprendi ao longo dos anos.

1. Use comentários para estimar o tráfego de referência

Como você sabe quanto tráfego receberá do seu guest post?

Se você pensa “site maior=mais tráfego”, você está errado.

Eu vou explicar…

Alguns anos atrás, publiquei um guest post no blog de Pat Flynn.

exemplo de guest post Brian Dean

Naquela época, também publiquei um guest post em um dos maiores sites de marketing online.

(Não quero prejudicar ninguém. Portanto, não vou citar o site.)

Agora:

O site de Pat é popular. Mas este site de marketing é ENORME.

Qual deles você acha que me enviou mais tráfego?

O blog de Pat… por muito:

resultados de tráfego do guest

E quando vejo quantos comentários cada blog tende a receber, não chega nem perto.

(O blog de Pat recebe mais de 50 comentários por postagem. O site de marketing? Cerca de 10 comentários por postagem.)

Este não é um exemplo isolado.

Ao publicar mais de 200 guest posts, notei um padrão consistente:

Mais comentários = mais tráfego.

A razão?

Sites grandes recebem muitos visitantes. Mas eles não têm muitos leitores.

E a melhor maneira de estimar os leitores? Veja quantos comentários suas postagens de blog recebem.

Resumindo? Quanto mais comentários um blog receber, mais tráfego você pode esperar do seu guest post.
 

Como o famoso Matt Cutts do Google proclamou, o Google provavelmente ignora os links nas seções de biografia do autor de guest post, como este:

biografia do autor

É por isso que você deseja incluir pelo menos um backlink contextual em seu guest post.

Para lhe dar uma ideia do que quero dizer, aqui está um link contextual de uma das minhas postagens de convidado:

link contextual em post

Como você pode ver, meu link se encaixa naturalmente no conteúdo. Não é remotamente spam e nem forçado.

3. Guest post usando infográficos

Essa é uma estratégia de faixa preta que me ajudou a aparecer em sites de notícias e blogs de autoridade.

4. Use “pistas” da bio do autor

Aqui está uma ótima maneira de encontrar oportunidades de guest post “ocultas”.

Primeiro, encontre alguém em seu nicho que seja um guest blogger relevante.

exemplo de biografia do autor Neil Patel

Em seguida, pegue um trecho de texto de sua biografia.

trecho da bio do autor

E coloque esse texto no Google (entre aspas).

busca no Google para Neil Patel

E você acabou de encontrar dezenas de sites para postar como convidado.

resultado da busca para Neil Patel

5. Venda-se em sua biografia de autor

Vamos encarar:

A maioria das biografias de autores são chatas.

E esse é um dos principais motivos pelos quais a maioria dos guest posts gera tão poucos visitantes.

tráfego médio vindo de guest posts

Em vez disso, sua biografia de autor deve fazer as pessoas terem interesse em clicar e visitar seu site.

Por exemplo, aqui está uma biografia de autor de um dos meus guest posts:

sobre o autor

Veja como eu descrevo por que vale a pena visitar meu site?

Essa é uma das principais razões pelas quais este guest post me enviou um monte de tráfego:

resultados obtidos com guest post

Conclusão

Esse é o meu guia passo a passo para construir e escalar uma estratégia de guest posts.

Agora eu gostaria de passar a bola para você: qual tática deste guia você usará primeiro?

Quer escrever melhores biografias de autor?

Ou talvez você queira encontrar oportunidades de guest post com a pesquisa reversa de imagens do Google.

De qualquer forma, deixe-me saber na seção de comentários abaixo.

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.